Tom: A#
Intro: A#  Ab  D#

A#                                   Ab
diga voce me conhece eu ja fui boiadeiro
D#
conheço essas trilhas quilometros milhas

que vem e que vao pelo alto sertao

e agora se chama nao mais de sertao
          Ab                   D#
mas de terra vendida civilizaçao


A#                                   Ab
ventos que arromba janelas e arrancam
D#
porteiras esporas de prata riscando as fronteiras

celei meu cavalo matula do pado

andando lingeiro um abraço apertado e um
               Ab              D#
suspiro dobrado nem ter mais sertao


REFRÃO
G#                         
os caminhos mudam com o tempo
A#                     
so o tempo muda o coraçao
G#
segue seu destino boiadeiro
                         D#
que a boiada foi no caminhao
G#
a fogueira a noite
A#
redes no galpao
G#
o paieiro a moda 
o mar de aproza 
sagua assim na causa e olça
         D#
tem mais nao
A#          D#
oh!!! peão

Solo: A#  Ab  D#

A#                                   Ab
tempos e vidas compridas com a poeira estrada
D#
historias contidas nas inclusilhadas

em noites perdidas no meio do mundo

mundao cabiludo onde tudo é floresta
                 Ab              D#
em campinas silvestre mundao acaba nao


A#                                   Ab
sabe que um bom viajante nada é distante
D#
um bom companheiro num conto dinheiro

exite uma vida, uma vida vivida

sentida e sofrida de vez por inteiro
                Ab              D#
e esse é o preço de eu ser brasileiro

REFRÃO


Enviada por tinho
Nº de acordes: 4

Facebook